COLABORE COM O PEQUENO COTOLENGO

Compartilhando Conhecimentos Científicos

5/10/2018
Últimas

Pequeno Cotolengo realiza seu II Encontro Multiprofissional

Criado em 2017, o Encontro Multiprofissional do Pequeno Cotolengo Paranaense, tem como intuito compartilhar conhecimentos técnico-científicos nas áreas de saúde e educação e dar visibilidade à importância de ações interdisciplinares no atendimento à pessoas com deficiências múltiplas.

No dia 29 de setembro de 2018, a instituição reuniu 232 pessoas, entre inscritos e convidados, em um dia repleto de palestras, estudos de casos e conhecimentos práticos. O tema do encontro desse ano foi a “Abordagem transdisciplinar na assistência ao paciente neurológico institucionalizado”

O evento é destinado principalmente a acadêmicos e profissionais que trabalham, ou que desejam atuar, no atendimento a pessoas com deficiências físicas e intelectuais.

Como instituição referência dentro desse tipo de atendimento multidisciplinar, o Pequeno Cotolengo teve a iniciativa de realizar, ao menos uma vez ao ano o evento e assim poder compartilhar os conhecimentos adquiridos ao longo dos anos de atuação e ainda dar visibilidade ao trabalho transdisciplinar humanizado em saúde e educação realizados dentro da instituição.

Atualmente, o Pequeno Cotolengo conta com uma Escola que atende a todos os moradores dentro de cinco níveis de aprendizado e na área da saúde, são 16 diferentes especialidade além de quatro métodos terapêuticos.

Todos esses atendimentos são realizados de modo complementar em busca da melhoria contínua da qualidade de vida dos moradores. É uma equipe multiprofissional com objetivos em comum.

Quem realizou a abertura oficial do II Encontro Multiprofissional Pequeno Cotolengo foram os diretores da instituição Padre Renaldo Amauri Lopes e Diogo Azevedo, a nutricionista Michele Ferreira representando a Comissão Organizadora do evento e a Dr. Tânia Maria dos Santos Pires representando a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba.

O período da manhã foi de palestras, onde, profissionais convidados pela comissão organizadora do evento, expuseram seus conhecimentos teóricos e também experiências de vida com os participantes.

A fisioterapeuta Cristiane Ribas ministrou a palestra sobre "Conceito de Transdisciplinar, Multidisciplinar e Interdisciplinar". A médica cirurgiã Fernanda Cristina Martins Figueiredo falou sobre as "Complicações nas Encefalopatias progressivas e não progressivas”.  O fisioterapeuta Ênio Funchal compartilhou seus conhecimentos sobre "Intervenções motoras e respiratórias nas Encefalopatias". O neurologista Alcir Francisco da Silva ministrou a palestra "Deficiência Intelectual leve, moderada e grave". E a psicóloga Jociane Casellas palestrou sobre a "Atuação da Psicologia na Deficiência Intelectual leve, moderada e grave".

No período da tarde os participantes se dividiram em turmas para conhecer alguns dos projetos e atendimentos que são atualmente realizados dentro do Pequeno Cotolengo.

As oficinas oferecidas deste ano foram de Snoezelen (sala multissensorial), Equoterapia, Fisioterapia Respiratória, Serviço Social, Psicologia e Terapia Ocupacional no novo projeto Horto-Terapia, Acupuntura, Pediasuit, Musicoterapia, Fisioterapia Convencional, Escola Especial, Nutrição e Fonoaudiologia, Farmácia Clínica e Enfermagem e Medicina.

Após as oficinas, o evento trouxe seis profissionais da equipe multiprofissional da instituição, sendo eles fisioterapeuta, nutricionista, médico, assistente social, psicóloga e enfermeira para uma mesa redonda, onde eles apresentaram o caso da moradora ‘B’, mostrando a importância de um trabalho feito em conjunto, da intervenção precoce e acompanhamento diário, além de toda evolução nos quadros clínico, social e psicológico da moradora, desde que ela foi acolhida pela entidade, até as dias de hoje.

Para finalizar o Encontro conhecendo os protagonistas da história do Pequeno Cotolengo, o Coro Cênico, grupo de teatro e música estrelado pelos moradores da instituição, apresentou um pedacinho do seu novo espetáculo “Em busca do Arco-íris” que será estreado neste mês de outubro no Teatro Positivo.

Posts Relacionados

Parceiros Mantenedores