COLABORE COM O PEQUENO COTOLENGO

Missa Solene em honra a São Luis Orione é realizada na cidade de Joinville

19/5/2021

No dia 16 de maio, na cidade de Joinville, em Santa Catarina, a concretização de mais um sonho foi possível: foi realizada a primeira missa no terreno do futuro Pequeno Cotolengo Joinvilense. A celebração eucarística marcou o encerramento da Semana Orionita deste ano e também a solenidade de celebração ao dia da canonização do santo fundador dos Pequenos Cotolengos do mundo inteiro, São Luis Orione.

Desde fevereiro de 2019, a Paróquia Nossa Senhora do Caravaggio, localizada na cidade de Joinville, passou a fazer parte das comunidades orionitas da Província Nossa Senhora da Anunciação, Brasil-Sul. A partir disso, em dezembro de 2020, a benção da Pedra Fundamental foi realizada no terreno, nas dependências da Paróquia, e agora em maio, a primeira missa foi realizada, marcando o início do Pequeno Cotolengo Joinvilense.

Como um dia histórico, a comunidade da Paróquia Nossa Senhora do Caravaggio esteve presente, bem como a gerência do Pequeno Cotolengo Paranaense. Por conta da pandemia da Covid-19, a celebração eucarística contou com a presença limitada de pessoas, com o distanciamento social e medidas restritivas de cuidados contra o novo vírus.

De acordo com o pároco da Paróquia Nossa Senhora do Caravaggio, de Joinville, padre Osvaldir Ribeiro Mendes, a celebração da missa acontecer no mesmo dia da Canonização de São Luis Orione é um sinal de esperança para a nova obra. “Nós aqui nos encontramos como Paróquia, como obra do Pequeno Cotolengo Joinvilense. Esta é a primeira de muitas missas. O Pequeno Cotolengo para nossa cidade é uma benção, nós queremos semear o amor de Deus”, enfatizou o pároco.

Para os paroquianos, a expectativa para a nova obra do Pequeno Cotolengo Joinvilense é grande. “Toda a Paróquia está movimentando esse trabalho com força para que essa obra seja mais que um sonho, seja uma realidade, não só para nossa Paróquia, mas também para toda a Diocese de Joinville”, explicou a coordenadora do Conselho Missionário Paroquial da Ação Evangelizadora (CMPP) da Paróquia Nossa Senhora do Caravaggio.

Após a realização da primeira missa, os próximos passos já estão acontecendo em Joinville, é o que conta o diretor administrativo do Pequeno Cotolengo Paranaense, Diogo Azevedo. “Agora entramos na parte do planejamento. Já temos o terreno, e na parte jurídica, formalizamos nossa ata e entramos com as reformas das estruturas já existentes aqui e a ideia é que até o primeiro trimestre do ano que vem nós já possamos ter algum tipo de atendimento”, comentou o diretor.

As obras de caridade, como os Pequenos Cotolengos, surgem na Congregação Orionita de acordo com os princípios e valores que São Luis Orione deixou como legado. Segundo o diretor presidente do Pequeno Cotolengo Paranaense, padre Renaldo Lopes, é costume da Congregação Orionita ao entrar na Diocese por meio da alguma Paróquia, e por essa Paróquia, surgir obras de caridade. “Nosso santo fundador, São Luis Orione, ele sempre dizia assim: ao lado de cada torre, que exista uma obra de caridade. É costume da nossa Congregação, por meio dessas paróquias surgirem obras de caridade, Pequenos Cotolengos, escolas, orfanatos, atendimento à pessoas com dependência química. Aqui, começamos com o desejo do nosso fundador”, explicou o padre.

Na ocasião, o diretor presidente, padre Renaldo, enfatizou a importância da obra na cidade de Joinville e também apresentou à comunidade paroquial toda a gerência do Pequeno Cotolengo Paranaense, descrevendo a representação e função de cada um.

Posts Relacionados

No items found.

Parceiros Mantenedores